Como uma mercearia ou uma loja de roupas, hospital de Parelhas fechado à noite.

1
2690

img-20161226-wa0006
Ao que parece a direção do hospital Dr. José Augusto, na cidade Parelhas, tem se confundido com o que significa o serviço público de saúde. Recentemente foi amplamente comentado nas ruas, e até mesmo na Rádio Rural, o caso de uma paciente que precisou se dirigir ao referido hospital na madrugada, tendo o encontrado fechado. Isso mesmo. Fechado. Como um quiosque ou qualquer tipo de estabelecimento comercial. E olhe lá que até os quiosques, a depender da hora, ficam aberto até altas horas. É até dispensável discorrer aqui sobre o que significa a responsabilidade de gerir o serviço público de saúde. Até mesmo porque seria constrangedor tentar “ensinar” algo àqueles que, acredita-se por competência, foram colocados para administrar o hospital. A realidade se descortina triste, beirando o surreal. Onde mais existem hospitais que fecham à noite? Onde mais a população é tratada com desdém? Imaginenos se isso estivesse ocorrido durante a campanha eleitoral, qual seria a justificativa; ou melhor: quais seriam as desculpas.

Marcas Exclusivas 728x90

1 COMENTÁRIO

  1. A pessoa foi atendida? O seu foco aih eh bem erróneo, pois o problema nao eh o hospital tá fechado, pq todo hospital de cidade de interior fecha depois de uma certa hora, qndo nao ta havendo atendimento. A equipe passa o dia de pé e qndo tem uma folga à noite aproveita p descansar um pouco. E qndo chegar alguem chamando o vigilante abre o portao e chame o restante da equipe. O problema nao eh o hospital tá fechado e sim a pessoa nao ter sido atendida. Se foi esse o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA